O curioso caso do motorista do Uber, que presenciou uma traição - Não leve por trás
por Não leve por trás
21 dez 2021 às 09:20

Os cara são parceiro mesmo, se fosse um taxista não tinha entregado  😆

4 comentários. Comente também!

  • Seu comentário pode demorar alguns segundos para aparecer, devido ao cache do site.
  • Comentários com links, não são aprovados instantaneamente.
  • Korvoloco disse:

    Tem cara de fanfic, mas pelo menos se esforçou em criar um enredo que te faz ler até o final. Embora o final seja um tanto decepcionante, achei que teria uma reviravolta mais impactante. (Foi mal, gente, hoje tô chato mesmo…)

    3

    1
    • João disse:

      Concordo que tem cara de fanfic. Um boi apaixonado não acreditaria de imediato em uma história de traição vinda de um motorista de Uber que nunca foi visto antes. Na vida real, o motorista iria apanhar pela dúvida quanto à idoneidade da moça.

      Se fosse comigo no papel do motorista do Uber, eu ficaria é quieto. Bois nervosos podem causar sérios ferimentos.

      Se fosse comigo no papel do namorado, eu… Opa! Já fiz esse papel antes. Quando eu coletei provas suficientes, eu mandei a vaca pastar…

      5

      0
      • Korvoloco disse:

        Você foi cirúrgico nessa análise.
        E caramba, lamento muito por você. Imagino que isso foi um baita tiro no coração. Mas pelo menos você acordou a tempo e deu um pé na bunda da sacana. Eu sempre digo: um verdadeiro corno não é aquele que é traído sem saber, mas sim aquele que sabe, ou desconfia da traição da parceira, mas faz vista grossa e ainda continua apaixonado.

        3

        0
  • Marx capitalista disse:

    É só o cara parar de ser gado demais. Fica babando o ovo da lazarenta logo no primeiro dia, dá nisso. Arruma um trampo, vai pra academia e para com crise de carência, vira homem porra.

    0

    0

Entre na sua conta