Em briga de marido e mulher não se mete a... - Não leve por trás
por Não leve por trás
27 jun 2022 às 12:00

Clique no botão de áudio para ativar ↑

Não é atoa que existe esse ditado popular, de não meter a colher!

Quem mandou a bonita se envolver com tranqueira?

Ai o cara vai lá se mete na treta, e arrisca a vida pela moça que nem conhece, o agressor pode estar armado. Ou futuramente querer se vingar dele, durante o trabalho etc…

Complicado D+

E a mulher continua com o cara, nem queija presta. *___*


Meter a colher, ou não meter a colhe? Eis a questão!

18 comentários. Comente também!

  • Seu comentário pode demorar alguns segundos para aparecer, devido ao cache do site.
  • Comentários com links, não são aprovados instantaneamente.
  • Enzo disse:

    Se não for com minhas irmãs eu não me meto.

    16

    0
  • Tibenga disse:

    E a vagabunda nem quis registrar queixa,com certeza e uma das que só vai na base da pancada.

    11

    0
  • Bacharel de Canalhaneia disse:

    O motorista agiu bem.

    11

    0
  • irineu disse:

    Se não é parente meu, deixo o pau quebrar. QUem se mete em briga dos outros acaba morto e depois a mulher perdoa o desgraçado.

    15

    0
    • Palhaço disse:

      Nem parente me meto mais, pode apanhar!
      Minha sobrinha chorava as pitangas por causa de maus tratos do marido, fui CONVERSAR, isso mesmo sem trocadilho, o cara me xingou e ainda me agrediu pelas costas e a bonita após eu prestar queixar por agressão e meu irmão levar ela pra casa dele, com medo dela apanhar do cabra, ela pediu pra voltar pra casa e é testemunha no processo contra mim… mentindo que eu agredi o cabra e ela viu toda a maldade que fiz com o “vítimo”.
      Estou aqui me sentindo um palhaço até hoje, depois de tudo tive ainda que pagar advogado com um dinheiro que não tinha.

      22

      0
      • Esquerdista nem é gente disse:

        Aprenda a nao se meter a heroi.
        Mulher nao precisa de homem pra nada.

        8

        0
        • Palhaço disse:

          Irmão nem me meti a herói não, ela que ficava enchendo o saco, eu conversei com ele na boa no que o cabra me disse que a minha sobrinha e as 2 filhas deles eram um peso na vida dele, no dia que fui agredido ela estava aos prantos, abraçada a minha mãe, avó dela, dizendo que queria morrer!
          Não tem um que não ficasse puto! o 1º velocípede dela fui eu quem deu!
          E eu não quis briga e nem confusão, tanto que após o ocorrido prestei queixa na delegacia, fiz exame delito e tudo.

          3

          0
      • VK disse:

        Nem conto a minha história, pois ela é idêntica à sua. Depois disso parei de falar com a sujeita que quase estraguei minha vida pra proteger.

        8

        0
      • Jovem aprendiz disse:

        Que fita em mano, vou tomar isso como exemplo.

        4

        0
        • Palhaço disse:

          Eu também tomei isso como uma lição de vida.

          Ela continua com ele e já teve mais 1 filho(a), não sei o sexo, pois com esse ramo da família não tenho mais contato e nem notícias, quando alguém fala deles eu saio de perto ou peço educadamente que pare, pois não tenho interesse.
          O processo ainda corre na justiça.
          Inclusive já tive um impedimento de trabalho em decorrência disso.

          4

          0
  • Korvoloco disse:

    Tá certo o motorista, o que tem de caboclo que perdeu a vida por bancar o cavaleiro branco por tentar separar briga de casal não é brincadeira. Pior que o infeliz metido a herói morre de forma humilhante, e logo depois aquela mulher que estava apanhando volta pro macho como se nada tivesse acontecido. E mais, se ele for preso por homicídio, ela estará visitando o canalha lá no presídio até o dia que sair de lá.

    13

    0
  • karlos disse:

    Em 2007 perdi um amigo que foi separar uma briga de casal o marido deu 2 tiros no peito dele .Meu amigo era um cara jovem que tinha tudo pela frente e perdeu a vida por conta de uma briga que nem era da conta dele.
    Que sirva de exemplo para os “heróis sem capa”

    14

    0
    • Palhaço disse:

      Nesse caso que conto aqui o cara não satisfeito de me agredir foi para pegar uma faca de caça que ele carregava na mochila e que graças a Deus foi impedido de pegar por meu irmão, sogro dele, que não o deixou entrar na casa e ter acesso a tal mochila.
      Na boa tive medo, achei que ia me dar mal…
      Saí dali e fui direto a uma delegacia prestar queixa, pois mesmo que não seja impedimento de nada, já é um fator que em caso de uma covardia ainda maior ele sabe que será suspeito de imediato.

      5

      0
  • Anônimo disse:

    Graças a Deus os homens estão acordando

    5

    0
  • Psycho disse:

    Quando eu fazia faculdade, na volta pra casa eu descia do ônibus e tinha que andar um trecho a pé, nesse trecho tinha um casal brigando, e o cara muito mais alterado que o comum, passei por eles pensando em intervir mas deixei quieto, andei alguns metros e deu pra perceber que o cara tava indo pra cima da mulher, parei e ia voltar pra ajudar, tinha mais uns 2 ou 3 caras que foram na direção da briga tbm, foi quando o cara tirou uma arma da cintura. Foi nesse momento que eu me toquei que nessas situações, muitas vezes quem morre é quem não tem nada a ver com a história. Virei as costas e deixei o pau quebrar.

    5

    0
  • Palhaço disse:

    Pessoal desculpe o desabafo, mas não tenho muito com quem conversar sobre isso.

    Sou leitor do blog diário e peço ao admim pra não colocar isso em destaque nem nada no site, ainda está correndo na justiça.

    6

    0
    • Palhaço disse:

      Pros interessados, ganhei o processo e ele uma ordem de restrição, houveram boatos que eles se separaram e ele está morando com outra mulher e ela voltou pra casa da mãe com 3 crianças e sem pensão (deve ir na justiça). Mas não sei se é verdade e nem me importo. Sigo evitando contato com esse ramo da família, se possível nunca mais retomo contato.

      1

      0
  • larajão disse:

    e essa QUEIJA é o q? A mulher do queijo? Deve prestar mesmo não

    0

    0

Entre na sua conta